Linguiça Chique na Cachaça

Linguiça Chique na Cachaça
compartilhe =)

 Na minha versão linguiça chique, ela foi flambada na Velho Barreiro

Sei que muita gente aqui é amante da famosa e deliciosa linguicinha. Alguns fazem pouco caso dela, dizendo ser gordurosa ou que é carne de porco etc… Mas nunca na vida via alguém resistir a uma bela linguiça na grelha, ou bem assada no forno com vegetais ou…Flambada. Chique né?

Quando se flamba um alimento, o alcool evapora deixando somente os aromas da bebida usada. Na minha versão linguiça chique, ela foi flambada na Velho Barreiro, que é a já tão conhecida bebida dos bêbados. Cachaça adocicada e que tem um fundo estranho de carvalho, mas que é ficou bem gostosa quando adicionada na linguis toscana simples do supermercado.

Agora, atenção, flambar pode parecer assustador e de fato perigoso. Deve-se ser delicado ao colocar  fogo na panela e esperto pra não se assustar, larga tudo no chão ou jogar na pia. Calma, dura pouco o show pirotecnico, ok?

Pegue as linguiças, lave e frite na frigideira até a carne estar durinha o suficiente para poder corta-las em rodelas. Feito isso, retorne elas para a frigideira. Agora, cuidado, acrescente um splash de cachaça e com mais cuidado ainda vire a frigideira  de lado perto da chama do fogão, deixando o liquido “beirar” e o calor entrar na panela, vai rolar uma super flama e depois de alguns segundo ela some, volte para o fogo e termine a cocção.

De pagode de domingo a coquetel de open house, tenho certeza que a linguicinha super chique na cachaça vai fazer sucesso!

compartilhe =)

Related Posts

Arroz com linguiça

Arroz com linguiça

Hoje de manhã me bateu a Madalena e logo comecei a fazer uma mega faxina, daquelas que enquanto um bebe não puder rolar pelado no chão da cozinha não tá bom. A hora foi passando e quando vi, já tinha mais que pulado o almoço. […]

Lamen de linguiça calabresa com castanha de caju e espinafre.

Lamen de linguiça calabresa com castanha de caju e espinafre.

Lamen de linguiça calabresa com castanha de caju e espinafre.ou Macarrão Pirata Dizem que copiar os mestres e a repetição levam a perfeição. Aprendi a escrever sonetos copiando, obsessivamente, as técnicas e métricas de Vinicius, assim acontece com tudo na vida. Aprendemos a andar e […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *