Omeletrizando III: Omelete de Shitake

Omeletrizando III: Omelete de Shitake
compartilhe =)

Omelete, sempre tão chique em restaurantes franceses. Uma arte dominada pelos espanhóis e pela minha avó.

Eu, que sou uma apaixonada por ovos, nunca dei muita bola para o omelete, um tanto secundário na minha dieta, mas, mantendo as devidas proporções, ele também é sempre o salvador, qdo tudo o que temos na geladeira são ovos e alguma outra coisa.

Num desses dias, lá estava eu a admirar o glacial ar de minha geladeira e encontrei timido um trio de ovos e uma bandeja de shitakes. Sem mais, pensei, é hora do almoço!

Com os três ovos usei a bandeja toda de shitake, é que eles, quando fritinhos na manteiga, se  tornam quase ínfimos, o que também é gostoso.

Optei por fazer um omelete para lá de preguiçoso e usei a minha querida, amada e estrela da minha cozinha: um processador de alimentos mini da cuisinart.

Mais uma receita 1, 2 e 3.

No processador pique: algumas cabeças de alho, em seguida, todos os seus shitakes sem os talos e por último os  ovos, com algumas pitadas de tempero Peri Peri, que uma querida amiga me trouxe de Portugal, sal e pimenta a gosto.

Na frigideira, refogue bem o alho até ficar douradinho claro, jogue o seu shitake por cima e refogue até ficar carnudo: por eles estarem muito picadinho, vai soltar uma água, não se preocupe, espere secar e então, por cima de tudo, jogue seus ovos.

Eu gosto sempre de baixar o fogo e deixar o omelete cozinhar devagar, aos poucos. E gosto dele bem fininho também. Quando pronto, é só levar à mesa.


Saladinha, pão torrado, tomates em cubos, vale tudo como par perfeito.

Se sobrar, um sanduíche guloso na hora da larica salva também!

compartilhe =)

Related Posts

Éramos Um: Um ovo, uma abobrinha e uma saidinha para a feira.

Esta semana me comprometi novamente com o bem estar. depois de um mês numa correria mais que danada, meu corpo deu um breakdown geral. Olheiras, sonolência, mau humor. E  a primeira coisa a entrar de novo na linha foi a comida. É preciso ter força […]

Mango Chutney Sem Crise

Mango Chutney Sem Crise

Num mundo cada vez mais afundando em guerras, crises econômicas e problemas sociais ( eu leio o jornal, viu?) nada mais reconfortante do que entrar na sua cozinha e fazer algo….sem crises! Tão fácil, tão limpo e tão colorido que por alguns minutos ou horas […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *